Sinos a rebate na Marinha das Ondas

Posted by
FOTO DB/JOT'ALVES

FOTO DB/JOT’ALVES

Uma semana depois de São Pedro, ontem foi a vez da Marinha das Ondas. O relógio da torre da igreja local acabara de anunciar as 17H00 e os sinos começaram a tocar a rebate. Motivo: o presidente da junta, Manuel Rodrigues Nada, quis convocar os residentes para lhes dizer que “são livres de escolher” entre acompanharem o médico de família que vai para Lavos ou serem atendidos pelo colega que o vai substituir, no início de maio.

A reunião popular extraordinária de última hora, que juntou largas dezenas de pessoas no adro da igreja, ficou a dever-se a uma declaração que os serviços administrativos do posto médico local estavam a distribuir pelos utentes, para aferirem quantos deles pretendem ir para Lavos. O autarca e os residentes, porém, interpretaram a iniciativa como uma forma de pressão, temendo, também, que estavam perante o princípio do fim do serviço de saúde na Marinhas das Ondas.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.