Queima quer alternativa à novilhada popular

FOTO ARQUIVO

FOTO ARQUIVO

É um dado quase certo: este ano, a garraiada da Queima das Fitas não terá parte tauromáquica.

A decisão só deverá ser tomada na próxima quinta-feira, durante uma reunião do Conselho de Veteranos (CV) da Universidade de Coimbra. Contudo, de acordo com o dux veteranorum, João Luís de Jesus, “tudo aponta para que a parte da novilhada popular desapareça”, de modo a salvaguardar os direitos dos animais.

Novilhos espetados com bandarilhas

A Garraiada da Queima, que enche o redondel do Coliseu Figueirense, está prevista para a tarde de 12 de maio. Inicia-se com a parada dos fitados pela arena, seguindo-se a novilhada popular onde novilhos são espetados com bandarilhas e lidados por cavaleiros e forcados amadores.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. E assim morre mais uma tradição…..queima um simples festival de verão!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.