Calvão da Silva e João Moura nos órgãos nacionais do PSD

Posted by

congresso

Calvão da Silva é o primeiro nome da lista que Passos Coelho leva ao Conselho de Jurisdição do PSD. Entre os vogais da Comissão Política Nacional está o autarca de Cantanhede, João Moura. Já Paulo Júlio, que era vogal no anterior mandato abandona os órgãos nacionais.

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, anunciou hoje ter escolhido Maria Luís Albuquerque, Sofia Galvão e Teresa Morais para vice-presidentes do PSD, numa equipa de direção que passa a ter quatro mulheres.

Num anúncio feito perante o 36.º Congresso do PSD, em Espinho, Passos Coelho anunciou também a manutenção como vice-presidentes de Jorge Moreira da Silva, Marco António Costa e Teresa Leal Coelho.

José Matos Rosa mantém-se igualmente no cargo de secretário-geral, completando assim a equipa da Comissão Permanente, órgão de direção mais restrito do PSD.

Saem, assim, da direção nacional do PSD três dos atuais seis vice-presidentes, Pedro Pinto, José Matos Correia, Carlos Carreiras. Contudo, os três foram indicados por Passos Coelho para outras funções.

Carlos Carreiras foi anunciado como coordenador autárquico e Pedro Pinto foi o escolhido para presidir à Comissão Nacional de Auditoria Financeira do PSD, cargo que era ocupado por Pedro Reis. José Matos Correia foi nomeado para o Conselho Estratégico, um órgão de natureza consultiva, que não é eleito.

Como fez em anteriores congressos, o presidente do PSD subiu ao palco da Nave Desportiva de Espinho para comunicar estas escolhas em primeira mão, num “sinal de respeito relativamente a todos os congressistas” e “para corresponder àquilo que é uma tradição”.

Passos Coelho anunciou os nomes dos vice-presidentes pela seguinte ordem: Jorge Moreira da Silva, Marco António Costa, Maria Luís Albuquerque, Sofia Galvão, Teresa Leal Coelho e Teresa Morais.

Para vogais da Comissão Política Nacional, além de João Pais de Moura, as escolhas recaem em António Topa, José António Jesus, Luís Ramos e Pedro do Ó Ramos – já eleitos há dois anos para esse cargo – e Francisca Almeida, Emília Santos, Joana Barata Lopes, Miguel Goulão e Ofélia Ramos.

Deixam a Comissão Política Nacional do PSD Aires Pereira, Elsa Cordeiro, Fernando Jorge, Fernando Armindo da Costa, Maria da Conceição Pereira e Paulo Júlio, que em 2014 tinham sido eleitos vogais.

Os novos órgãos nacionais do PSD vão ser eleitos pelos congressistas no domingo de manhã.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.