AAC que congelar aumento de propinas

Posted by
FOTO DB/ANTÓNIO ALVES

FOTO DB/ANTÓNIO ALVES

O presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra (DG-AAC), José Dias, voltou ontem a reiterar o apelo ao bloqueio do aumento das propinas a nível nacional. O pedido seguiu, por carta, para o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com o conteúdo das sete páginas a ser dado a conhecer através de conferência de imprensa realizada ao final da manhã nas Escadas Monumentais.

“Permitir novos aumentos (…) levará todos os estudantes a crer que não são uma prioridade para o novo Governo”, afirmou José Dias, que aproveitou para lembrar os sinais “de mudança” dados pelo atual Governo. Depois do “reforço do financiamento do sistema científico, a criação do Conselho Coordenador do Ensino Superior e a disponibilidade demonstrada para rever o Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior”, o presidente da DG-AAC entende que falta “pôr termo ao elemento mais injusto de diferenciação social entre estudantes: o valor continuamente crescente da propina”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.