Castanheira de Pera não tem médico para assistir diariamente à população

Posted by

Carlos-Cortes

A falta de médicos em Castanheira de Pera, no norte do distrito de Leiria, é uma “calamidade”, considera o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes. O responsável visitou nesta quinta-feira o Centro de Saúde de Castanheira de Pera, onde se reuniu com o responsável pelo Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Pinhal Interior Norte e com o médico que ali cumpre 20 horas semanais.

O presidente da secção regional sublinhou que “o acesso aos cuidados de saúde da população de Castanheira de Pera não é igual ao de outros”.

“O sistema não é equitativo, logo não é justo. Estas pessoas não podem ter uma consulta quando necessitam”, acrescentou, garantindo que a Ordem dos Médicos vai tentar pressionar para resolver “esta situação de calamidade” e de “gravidade”.

“Encontrei um grupo de pessoas insatisfeitas com esta situação. Estamos a falar de uma população envelhecida, que sofre de muitas patologias e não têm qualquer apoio. O hospital mais próximo está a 50 quilómetros”, referiu ainda.

O responsável promete transmitir esta situação à Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro e ao Ministério da Saúde, mas sabe-se já que o concurso para contratar um médico para o concelho ficou “deserto”.

One Comment

  1. Manuel Ferreira says:

    É preciso ter calma… – disse o presidente da Câmara de C. de Pera à TVI. Cada um tem aquilo que merece, diz o povo e digo eu.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.