“Boavista que me perdoe, mas quero ganhar”

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

Filipe Gouveia regressa hoje ao Bessa, pela primeira vez, na condição de treinador adversário. O líder dos estudantes admite que terá de fazer alterações forçadas no “onze”, mas garante que não vai fazer poupanças a pensar no campeonato.

Ainda com a vitória ao Belenenses “fresca” na memória, o treinador começou a conferência de imprensa a defender o que acha que o grupo tem feito de bom, e, em particular, o que fez na segunda-feira.

“As pessoas esquecem-se que estivemos quase sempre com dois golos de vantagem”, disse, justificando que, “o Belenenses marcou nos descontos”, mas o jogo “podia ter ficado cinco ou 6-2”.

Confessou-se “triste” com o que leu “em alguns jornais” na terça-feira, porque “parece que a Académica fez um mau jogo” e “este grupo não merece”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.