Sócios da AAC/OAF recuam na AG extraordinária e cantam vitória

Posted by

 

Arquivo-Luís Carregã

Arquivo-Luís Carregã

Os sócios da Académica subscritores do pedido de uma assembleia geral extraordinária (AG) para destituição da direção da AAC/OAF e da gerência da AAC/OAF, SDUQ, Lda, recuaram na sua pretensão.
Em comunicado ontem enviado aos órgãos de comunicação social, o grupo justifica o “volteface” com o avanço da direção da AAC-OAF e do seu presidente, bem como da gerência da SDUQ, em “solicitar à mesa da AG, a antecipação do ato eleitoral previsto para 2017, e que, deste modo, se deverá realizar no final da presente temporada desportiva 2015/2016”.
“No passado dia 22 de outubro foi entregue à mesa da AG da AAC/OAF um requerimento assinado por mais de duas centenas de sócios destinado à convocação de uma AG extraordinária, propondo a destituição da direção da AAC/OAF e da gerência da AAC/OAF, SDUQ, Lda”, pode ler-se no comunicado, onde se sublinha, também, que com a antecipação do ato eleitoral para maio de 2016, “será dada aos sócios a ‘palavra’ no sentido de definirem o futuro da instituição”.
Considerando que “a anunciada antecipação do ato eleitoral para maio de 2016 traduz na assunção do “fim de ciclo” desta direção e respetiva gerência”, o grupo de sócios recorda que na “última AG da AAC-OAF ficou evidenciada a situação de falência técnica do clube e da SDUQ”.

 

Informação completa na edição impressa

2 Comments

  1. Cambada de frouxos que dão tiros de pólvora seca…mais uma vez a montanha pariu um rato…gostava saber o que é que o corrupto ofereceu desta vez para calar a oposição

  2. Pingback: Sócios da AAC/OAF recuam na AG extraordinária e cantam vitória - Jornal de Noticias

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.