Opinião – Vontade popular

Posted by
Armando Maia

Armando Maia

Ditou a vontade popular que o movimento independente de cidadania Por Amor a Esta Terra, integrado no Partido da Terra, constituísse a voz dos cidadãos nos destinos de Montemor-o-Velho.

A eleição de um deputado municipal que surpreendeu políticos e politiqueiros desta nobre terra honra os desígnios a que nos propusemos dar dignidade e esperança à população. Idealizámos 12 sementes de esperança, 12 razões para bem decidir nas quais defendemos:

Transporte escolar gratuito para todas as crianças e constituição de um orçamento participativo onde, por exemplo, o valor da comparticipação do IRS pudesse ser definido em obras do interesse dos cidadãos ou em apoio às coletividades; redução do IMI, por forma a aliviar a saturada situação económica das famílias; manutenção das taxas de água e saneamento, contrariando o seu aumento para garantir a salvação económica do concelho; luta contra o abuso do poder através das nomeações políticas.

Porque nada foi feito em contrário, denunciamos a(s) união(ões) de facto criada(s) pelo presidente de câmara para garantir o poder, assente em interesses diferentes dos que beneficiam o cidadão. Esta triste realidade autárquica está a atirar o concelho para o marasmo e a insignificância regional.

Constituindo a voz da indignação, o movimento Por Amor a Esta Terra continua a defender ideias e projetos de desenvolvimento capazes de motivar e de dar esperança e dignidade às pessoas. Assim o faremos, com responsabilidade e coragem falando verdade.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.