Autópsias e investigação criminal reúnem peritos em Coimbra

Posted by

INMLCFHelena Teixeira, Francisco Brízida Martins e João Pinheiro

A nata da investigação criminal vai estar esta semana em Coimbra, quinta e sexta-feira, para participar na II Conferência do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses.

Para além do responsável máximo nacional da Base de Dados de Perfis de ADN, entre os 450 participantes e oradores vão estar o diretor do Laboratório de Polícia Científica da PJ, o presidente da Sociedade Anatómica Portuguesa e o chefe de Serviço de Anatomia Patológica do Hospital de São João.

O vice-presidente do Instituto de Medicina Legal (INMLCF), João Pinheiro, explica que “é o maior evento científico do ano na área da Medicina Legal”, contemplando 130 trabalhos de investigação submetidos à comissão científica, 54 dos quais são comunicações orais. .

Destacam-se investigações sobre “a identificação de escrita manual num crime de homicídio”, “três anos de homicídios nas famílias portuguesas (com base nas autópsias entre 2012/14)” e “Violência nas relações de intimidade: homens como vítimas na delegação Centro INMLCF”.

O presidente do INMLCF, Francisco Brízida Martins, adianta que “este encontro vai permitir que o nosso trabalho seja avaliado por parceiros, porque vamos mostrar o que fazemos e vamos ouvir o que outros trazem”.

Toda a informação na edição impressa de hoje, 27 de outubro, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.