Obrigação de passar a Inglês é uma “brutalidade”, diz SPZC

Posted by
FOTO DB/PAULO MARQUES

FOTO DB/PAULO MARQUES

Inoportuna e inconsistente, uma brutalidade” é como o presidente do Sindicato dos Professores da Zona Centro (SPZC) qualifica a decisão do Governo de condicionar a aprovação dos alunos do 4.º ciclo à nota positiva a Inglêsdisciplina que só agora se torna obrigatória no plano curricular.

José Ricardo falava, ontem, numa conferência de imprensa para fazer o balanço do início do novo ano. Um início com um atraso de 9/10 dias, o que permitiu “mascarar as insuficiências e as dificuldades para ter as escolas a trabalhar em pleno”.
Para o SPZC, há inúmertos problemas que se arrastam e que urge resolver, na nova legislatura.

Há problemas com os concursos, de docentes e não docentes, com as condições de trabalho dos professores (“em crescente degradação, desde 2005”) e com as restrições à autonomia das escolas.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.