Candidata da coligação PSD/CDS-PP por Coimbra insiste no combate ao desemprego

Posted by

margarida-mano

A criação de emprego é uma das condições para fixar as pessoas no interior do distrito, disse hoje a cabeça-de-lista da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) por Coimbra, Margarida Mano. “É muito importante que os concelhos criem emprego, porque isso é uma fonte de riqueza” e contribui para combater o despovoamento nos territórios de baixa densidade demográfica, afirmou Margarida Mano. Durante uma ação de pré-campanha, em Coimbra, a candidata independente, vice-reitora da Universidade local, realçou que, apesar das dificuldades, o distrito e a região centro registam “níveis de desemprego melhores” do que noutras regiões de Portugal.

“Este não é o momento de se prometer nada, a não ser trabalho”, disse, por seu turno, Miguel Pires da Silva, presidente da Juventude Popular, que integra em quinto lugar a lista de candidatos da coligação por Coimbra.

Margarida Mano deu o exemplo da Pampilhosa da Serra, um município do interior liderado pelo social-democrata José Brito, que “é extremamente dinâmico”, mas, como outros concelhos vizinhos, enfrenta há décadas os problemas da desertificação e do envelhecimento da população.

Há dias, a candidata visitou Lavos, no concelho da Figueira da Foz, e ficou “sensibilizada para as potencialidades” da indústria tradicional da extração de sal, através da sua “ligação ao turismo”, o que, na sua opinião, permitirá criar empregos.

Todavia, durante a campanha eleitoral, “qualquer promessa é impensável”, disse, corroborando a posição de Miguel Pires da Silva.

3 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.