Casas ameaçadas em Semide, no concelho de Miranda do Corvo (atualização)

Posted by

fotografia

O incêndio que se regista na zona de Semide, concelho de Miranda do Corvo, está “fora de controlo” e ameaça casas, disse pelas 19H00, o presidente da Câmara daquela vila, Miguel Baptista.

As chamas deflagraram em povoamento florestal, perto de Vale de Colmeias, na freguesia de Semide, concelho de Miranda do Corvo, continuando a lavrar com intensidade, designadamente nas proximidades de Segade, Vale de Colmeias e Ribeira de Semide, ameaçando algumas habitações. As chamas estão a avançar em direção a Miranda do Corvo e Lousã.

O incêndio já alastrou ao concelho da Lousã, na região de Pousafoles (freguesia das Gândaras), onde há alfaias agrícolas destruídas pelas chamas, que também estão a atingir viveiros de plantas, sobretudo árvores, atividade a que se dedicam vários habitantes dos concelhos de Miranda do Corvo e da Lousã.

As chamas tiveram origem em povoamento florestal, continuando a lavrar com forte intensidade. De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o fogo é combatido por 252 operacionais, auxiliados por 67 veículos e cinco meios aéreos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.