Exposição da correspondência entre Vieira da Silva e Arpad Szénes no Museu Machado de Castro

Posted by

vieira da silva

A correspondência íntima, sobretudo gráfica e alguma inédita, trocada entre os pintores já falecidos Maria Helena Vieira da Silva e o marido, Arpad Szénes, vai ser exposta, a partir de 17 de julho, no Museu Nacional de Machado de Castro, em Coimbra.

Será uma revelação de parte dos 55 anos em que viveram juntos, numa relação que acabou com a morte de  Arpad Szénes em 1985 e de Vieira da Silva sete anos depois.

Fonte da Fundação Arpad Szénes-Vieira da Silva (FASVS) indicou que a exposição “Escrita íntima” é baseada na mostra apresentada em Lisboa, entre fevereiro e abril do ano passado, tendo sido “remodelada para ser adaptada ao espaço” do Museu Machado de Castro.

Foram feitas algumas alterações ao formato da mostra, que é mais pequena, segundo a mesma fonte, indicando que serão apresentadas ainda quatro importante pinturas de Vieira da Silva, na Capela do Tesoureiro, no museu.

A mostra, apresentada no âmbito da programação do 7.º Festival das Artes, revela, através de desenhos, cartas e pinturas, a história do grande amor entre os dois artistas, que se conheceram em Paris.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.