Água da torneira à mesa em Coimbra

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

A empresa municipal Águas de Coimbra desafiou a restauração e hotelaria da cidade a mostrarem as qualidades da água da rede, servindo-a à mesa aos seus clientes e incentivando o consumo.

Para já, há 42 estabelecimentos da cidade a aderir à iniciativa “Água da torneira – gostamos da nossa água”, servindo-a em jarra personalizada, oferecida pela Águas de Coimbra.

“A nossa água é de excelência reconhecida externamente, por entidades que a certificam e atestam essa mesma qualidade”, começou por afirmar Pedro Coimbra, presidente da empresa municipal.

Simbolicamente, a jarra oferecida pretende “unir a água com a cidade, os empreendedores e as empresas de Coimbra”, disse ainda.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. Zé da Gândara says:

    Que lourinho / brilhante que é o bravo gestor da empresa monopolista, Sôdôtor Pedro Coimbra! Como é difícil de gerir um monopólio… Que dores de cabeça que isso acarreta…
    Este bravo gestor e o seu amigo do peito e querído líder da terra dass lavras de arroz são os máiores!
    Um a gerir as Águas Homónimas e o outro a renegociar dívida com credores (é uma espécie de Varoufakis Tugalês mas consegue ser melhor que o original, do qual em Washington na sede do FMI todos se benzem quando dele ouvem falar, estando ele ainda nos Distritais do campeonato da dívida… que medo…) fazem um dream team que se porventura os deixarem chegar ao topo (num qualquer Governo) fazem de imediato com que o Estado Tugalês imite as petromonarquias do Golfo Pérsico e deixe de cobrar impostos aos cidadãos nacionais, conseguindo em simultâneo superavits estrondosos que amortizarão a dívida do Estado Tugalês em menos de nada, não dando sequer tempo ao Diabo para esfregar um olho… No meio (Centro) é que está a virtude mas na Tugalândia ainda ninguém percebeu isto…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.