Portugal dos Pequenitos assinala hoje 75 anos

Posted by
A formação de filas nas bilheteiras tem sido uma constante. FOTO CARLOS JORGE MONTEIRO

 FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

O Portugal dos Pequenitos, em Coimbra, assinala hoje o 75.º aniversário com a inauguração de uma casa de xisto e uma peça de Joana Vasconcelos e uma sessão em que participa o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

A casa de xisto, que passa a integrar a área temática de casas regionais, é o primeiro edifício que o Portugal dos Pequenitos acrescenta ao seu património desde a sua conclusão, no final da década de 50 do século passado.

Desde então, não foi acrescentada nenhuma construção em qualquer das áreas temáticas do recinto (‘Portugal monumental’, ‘Países de expressão portuguesa’, ‘Portugal insular’ e ‘Coimbra’, além de ‘Casas regionais’), que se assume como um “retrato vivo da portugalidade e da presença portuguesa no mundo” e que “é ainda hoje um referencial histórico e pedagógico de muitas gerações”.

A casa tradicional de xisto resulta de uma parceria entre a Fundação Bissaya Barreto (FBB) – de cujo património o parque temático faz parte, desde 1959 – e a Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto (ADXTUR).

A ‘nova’ casa do parque é “inspirada e representativa da arquitetura tradicional da zona da Lousã, através de um conceito que evoca a cenografia e o ambiente das Aldeias do Xisto, com representação dos socalcos e da agricultura daquela região”, explica o coordenador da ADXTUR, Rui Simão.

A ‘Casa de Chá’, obra da artista plástica Joana Vasconcelos, representa um bule, em ferro forjado, com ‘banquinhos’, no interior da estrutura, também em ferro forjado, e terá jasmins (plantas usadas para perfumar o chá verde) a adornar a casa, disse à agência Lusa o ateliê da artista portuguesa.

Segundo a FBB, o Portugal dos Pequenitos caracteriza-se por um programa arquitetónico “em que a escala de casas e monumentos ligados ao mundo português é reduzida e feita à medida para as crianças”, tendo Joana Vasconcelos partido desse conceito.

A obra de Joana Vasconcelos, que pretende ser “um espaço de encontro e convívio”, em que as crianças serão convidadas a praticar o típico britânico ‘chá das cinco’, que foi criada a convite da fundação, marca “uma nova etapa na história” do parque, através de uma “aposta na contemporaneidade”.

O Portugal dos Pequenitos, que, de acordo com a FBB, foi visitado em 2014 por cerca de 230 mil pessoas, foi idealizado por Bissaya Barreto e projetado pelo arquiteto Cassiano Branco.

O recinto, que reflete de forma pormenorizada e à escala das crianças, a arquitetura e a história de Portugal, começou a ser construído em 1939, tendo a sua primeira fase (constituída pelo conjunto de casas regionais portuguesas, desde os tradicionais solares de Trás-os-Montes e do Minho a casas típicas de cada região, com os seus pomares, hortas e jardins, capelas, azenhas e pelourinhos), sido concluída em 1940.

A este núcleo pertence também o conjunto de Coimbra, onde se encontram representados os monumentos mais importantes da cidade.

A segunda fase integra a área monumental (“espaço ilustrativo dos monumentos nacionais de norte a sul do país) e o terceiro núcleo engloba a representação etnográfica e monumental dos países africanos de língua oficial portuguesa e ainda de Macau, Brasil e Timor.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.