Desempregados longa duração têm “nova” oportunidade

Posted by
FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

Mais de um milhar de desempregados de longa duração da região Centro vão receber cinco meses de formação para retomarem a vida ativa profissional.

O acordo da iniciativa “Vida Ativa” foi ontem celebrado nas instalações do Conselho Empresarial do Centro (CEC) e envolve, para além desta associação empresarial, o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

O investimento é de dois milhões de euros e a formação estará totalmente direcionada para as necessidades das empresas. As 44 ações de formação previstas, e que se estendem a toda a região, têm a duração de cinco meses, dois dos quais são em contexto de trabalho.

Versão completa na edição impressa

4 Comments

  1. Lá vai o dinheiro do Contribuinte !!!!!!!

    • Luís Alberto Almeida says:

      Eu acho que sem querer ser injusto mas realista, esta medida do IEFP é mais um meio de baixar a taxa de desemprego sem grande impacto para a vida dos desempregados de longa duração. Eu bem sei isso pois tenho conhecimento do desempenho do IEFP de Coimbra no meu caso,entre 2000 e 2007.

  2. Luís Alberto Almeida says:

    Estive inscrito no IEFP de Coimbra durante uns bons anos e só fui convocado por 2 vezes a estar presente na sua delegação na cidade de Coimbra. Passados estes anos todos não guardo boa impressão do desempenho desta instituição. Até que ponto, estas acções de formação para desempregados não serão mais um meio de baixar as taxas de desemprego?

  3. Luís Alberto Almeida says:

    Eu pessoalmente não tive uma boa impressão do desempenho do IEFP em Coimbra. Estive inscrito vários anos e tive de responder ás suas missivas. Só fui convocado 2 vezes e tudo espremido uma mão cheia de nada foi o que obtive.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.