Noite mágica no início dos 75 anos do Portugal dos Pequenitos

Posted by

PORTUGAL PEQUENITOS 3 LC

Façamos felizes as nossas crianças”. O lema de Bissaya Barreto – que marca toda a sua obra – foi vivido e sentido na noite de sábado, no TAGV, num espectáculo que marcou as comemorações dos 75 anos do Portugal dos Pequenitos.

Uma noite de magia onde o coro do Colégio Bissaya Barreto encantou; onde pais, avós e irmãos não esconderam o orgulho, onde os convidados não regatearam palmas e onde até o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, acabou o seu discurso declamando uma poesia que Bissaya Barreto afixava nos locais onde trabalhava.
Com casa cheia, a noite começou com a atuação dos pequenos que contagiaram a assistência.

Não só pelas vozes afinadas, mas pela alegria que transmitiram. Apresentado por Sansão Coelho, o espectáculo juntou em palco o coro dos Antigos Orfeonistas de Coimbra (que organizou) com Virgílio Caseiro, o grupo Cordis – com Paulo Figueiredo, ao piano, e Bruno Costa, na guitarra portuguesa; o quarteto Opus Quatro e Cuca Roseta.

Marca de Coimbra no mundo
Local de memórias de quem já foi criança, e de experiências inesquecíveis de quem o é, o Portugal dos Pequenitos é um espaço único na cidade, na região e no país. E é, também, um espaço de visita obrigatória dos turistas de todo o mundo. Um espaço onde a história do país e da nossa presença no mundo se conta de forma simples, mas mágica e à escala dos mais pequenos.
Um local onde – visitado uma vez em criança – se voltará sempre. Enquanto pais e mais tarde como avós… mas sempre com a mesma emoção. E para que essa realidade continue a ser vivida por toda a gente e a fazer felizes “as nossas crianças”, a Fundação Bissaya Barreto já tem preparado um grande investimento para novas ofertas que reforcem a aprendizagem dos mais pequenos sem beliscar o espaço atual.

Novos investimentos
“Estas comemorações marcarão um novo ciclo para o Portugal dos Pequenitos, pensado, também, para o século XXI”, anunciou a presidente da Fundação Bissaya Barreto, que apenas levantou a ponta do véu quanto aos novos projetos a concretizar “no nosso Portugal dos Pequenitos”. Porque, como disse, aquele não era o momento para se falar de investimentos, mas sim para se “festejar” um dos recantos da cidade de Coimbra – e o parque temático mais antigo do país – que faz parte das memórias de todos nós.
“Ao longo do ano, a Fundação vai comemorar os 75 anos do nosso Portugal dos Pequenitos, aquela que é a face mais visível de uma obra social que, ao longo de quase um século, vem pugnando pela qualidade de vida e direitos dos cidadãos da região”, reconheceu Patrícia Viegas Nascimento, prometendo uma verdadeira festa de homenagem para o próximo dia 8 de julho, dia da sua inauguração.

2 Comments

  1. Zé da Gândara says:

    O clã Viegas Nascimento a perpetuar no tempo a obra do Sr. Dr. Bissaya Barreto e o espírito Minho-Timorista do anacrónico Estado Novo…

  2. Zé da Gândara says:

    Bem que a FBB poderia ter evocado o que de melhor foi feito no antigo preventório do Hospital-Colónia Dr. Rovisco Pais na Tocha, que de resto também teve um toque pessoal do Sr. Dr. Bissaya Barreto… Um dia destes, os democratas aqui do burgo prestam vassalagem ao Sr. Dr. Oliveira Salazar e ainda lhe chamam com reverência "freedom fighter", enquanto que titulam a PIDE/DGS de obra social do antigo regime…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.