Toneladas de sal-gema espalhadas pelas estradas do Pinhal Interior Norte

Posted by

espalhar sal

A Câmara da Pampilhosa da Serra aplica “mais de 100 toneladas” de sal-gema nas estradas municipais em cada inverno para minimizar a sinistralidade devido ao gelo, revela o presidente da autarquia.

“Esta é a melhor maneira de evitar acidentes”, disse José Brito, indicando que as equipas espalham diariamente o sal nos troços “com muito declive e muito sombrios” das estradas sob a jurisdição da Câmara Municipal.

José Brito adiantou que, no caso das vias da responsabilidade da empresa Ascendi e da Direção de Estradas do Distrito de Coimbra, a autarquia “informa-as regularmente” das situações de maior perigo ou então estas entidades intervêm por sua iniciativa.

“Nestes dias mais frios, não podemos facilitar”, disse, ao salientar que Pampilhosa da Serra é um concelho montanhoso e um dos maiores em área na região Centro, o que obriga a “uma intervenção constante” para melhorar a segurança rodoviária quando se forma geada ou após a limpeza da neve nas estradas.

Em Oliveira do Hospital, também no interior do distrito de Coimbra, os serviços de Proteção Civil Municipal “tem os pontos críticos identificados” em todo o concelho, que se entende em parte pela Serra do Açor.

Num concelho “com condições muito propícias à formação de gelo nas vias rodoviárias municipais”, quando as temperaturas baixam, duas brigadas “espalham por norma cerca de 500 quilos de sal por dia” nessas estradas, disse à Lusa uma fonte da autarquia.

“Em matéria de prevenção rodoviária, também há um reforço ao nível da sinalização vertical que é colocada nos pontos mais críticos”, acrescentou.

Em Arganil, tal como  em Tábua e Góis, as medidas adotadas nesta época são idênticas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.