Cinco intoxicações em incêndio na Lousã

Reabertura do ginásio de fisioterapia da instituição está prevista para hoje. FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Reabertura do ginásio de fisioterapia da instituição está prevista para hoje. FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Cinco funcionárias da Associação de Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL) foram vítimas de intoxicação, ontem, devido a um incêndio, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

O fogo deflagrou num forno de aquecimento, instalado no ginásio de fisioterapia da instituição. Em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS, o adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários da Lousã, Cláudio Fernandes, explicou que o alerta foi dado pelas 07H37.

“O incêndio circunscreveu-se ao forno e foi rapidamente extinto”, disse o bombeiro. No entanto, “as funcionárias não se aperceberam imediatamente do fogo”, sustentou.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.