Bairrada aposta na investigação para candidatura a Cidade Europeia do Vinho

Posted by

JOAO-MOURA

A candidatura da Bairrada ao concurso Cidade Europeia do Vinho 2015 aposta na inovação, sustentada em projetos de investigação que visam a melhoria das condições de produção, conferindo mais qualidade ao produto final daquela região vitivinícola.

O presidente da autarquia de Cantanhede, umas das cinco que integram a candidatura da Bairrada, disse hoje que a investigação associada à vinha e ao vinho, que decorre no parque de biotecnologia Biocant, “é um dos trunfos” da região para ser nomeada Cidade Europeia do Vinho 2015.

“Aliamos a tradição à inovação. E o Biocant ter uma unidade de investigação aplicada à vinha e ao vinho penso que é diferenciador”, afirmou João Moura, aludindo aos seis projetos em curso, com parceiros públicos e privados, que representam um investimento de 4,9 milhões de euros.

Responsáveis autárquicos e de organismos ligados ao setor visitaram hoje as instalações do Biocant, onde conheceram os projetos de investigação em curso, um dos quais passa pela identificação de 10 novas castas nacionais “para produção de novos vinhos”, disse Catarina Gomes, diretora do programa de investigação da vinha e do vinho.

Outro projeto passa pelo estudo dos micro-organismos existentes na vinha, que podem causar doenças às plantas, com o objetivo de descobrir um “agente biológico protetor”.

De acordo com a investigadora do Biocant, o projeto de investigação – que decorre há cerca de sete anos e levou já ao licenciamento de três tecnologias – “está a crescer e é um passo para o futuro da vinha, da Bairrada para o resto das regiões de Portugal”.

Para além da Bairrada, outras duas candidaturas nacionais – Monção e Melgaço e Reguengos de Monsaraz – também concorrem ao concurso Cidade Europeia do Vinho 2015, iniciativa da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e Rede Europeia das Cidades do Vinho (RECEVIN).

A edição de 2015 do evento foi entregue a Portugal, sendo que nos anos anteriores a organização também coube a Palmela, em Portugal (2012), Marsala, na Itália (2013), e Jerez de la Frontera, em Espanha, esta última Cidade Europeia do Vinho 2014.

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.