Ataque de lobos matou nove ovelhas em Senouras (Almeida)

Posted by

lobo-arraia DR

Os lobos são suspeitos de terem atacado hoje de madrugada um rebanho numa propriedade agrícola da aldeia de Senouras, no concelho de Almeida, e de terem matado nove ovelhas e ferido cinco.

Tiago Marques Paulo, filho do proprietário dos animais, disse à agência Lusa que o rebanho de 68 ovelhas estava no cercado, no campo, quando foi atacado, estimando que o prejuízo ronde os 1.500 euros.

O ataque foi hoje comunicado à GNR de Almeida, que esteve no local, e o proprietário irá contactar, na segunda-feira, os serviços do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

O mesmo agricultor já registou, na exploração pecuária, mais três ataques de lobos que causaram a morte a 24 animais.

“Na primeira vez, em fevereiro de 2013, os lobos mataram 16 ovelhas. Na segunda, ocorrida em meados do ano passado provocaram a morte a quatro e, na terceira, registada no dia 25 de setembro deste ano, mataram mais quatro”, contou Tiago Marques Paulo.

O filho do agricultor lesado mostrou-se revoltado com as baixas indemnizações que são atribuídas pelo ICNF e pela demora no seu pagamento.

Em relação ao primeiro episódio, ocorrido em fevereiro de 2013, disse que “só passado um ano e quatro meses” é que aquele organismo enviou um cheque de 84 euros ao seu pai, “quando teve um prejuízo calculado em mais de dois mil euros”.

“Em relação aos outros dois ataques ainda não nos pagaram nada”, disse, mostrando-se descontente com os valores que são pagos pela morte dos animais.

Tiago Marques Paulo considera que o ICNF devia “pagar o justo valor dos animais” que são mortos pelos lobos.

“Se uma ovelha vale 80 euros, é esse valor que devem dar”, defendeu, considerando que as indemnizações são “mal pagas” e chegam “com atrasos” em relação ao registo das ocorrências.

O responsável considera que os lobos têm “direito à vida”, mas apela às entidades responsáveis pela sua preservação que “arranjem maneira de prevenir [os ataques aos rebanhos], colocando-os em vedações”.

Devido aos supostos ataques de lobos em explorações agrícolas de diversas aldeias do concelho de Almeida, no dia 05 deste mês, vários agricultores marcaram presença na reunião da Assembleia Municipal e exigiram medidas para mitigar os prejuízos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.