Oposição obriga Machado a reduzir para 0,36% a taxa de IMI no próximo ano

Posted by
Reunião extraordinária do executivo teve lugar ontem à noite. FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Reunião extraordinária do executivo teve lugar ontem ao final da tarde. FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Não há aumento dos transportes dos SMTUC, há uma pequena redução (5 por cento) na tarifa variável de água e saneamento do gupo social doméstico, é reduzida para 0,36 por cento a taxa de IMI para os prédios urbanos avaliados (aprovada por seis dos 11 vereadores) e há um reforço da verba para as freguesias em 5,72 por cento.

Estas são as principais conclusões retiradas dos vários documentos votados ontem pelo executivo relativo às Grandes Opções do Plano e Orçamento do próximo ano da câmara, das entidades participadas – Águas de Coimbra, iParque, Prodeso – e dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC).

A principal alteração aconteceu no IMI. Ela está em 0,38. O PS queria 0,37 mas seis vereadores aprovaram a redução para 0,36. À agência Lusa, Manuel Machado estimou que esta mudança provocará uma redução das receitas municipais na “ordem dos 900 mil a um milhão de euros”.

Versão completa na edição impressa

 

One Comment

  1. Engraçado, agora que estão na oposição é que querem baixar tudo?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.