Mata mulher e filha de 16 anos e deixa outra em estado grave

Posted by
Inês Vilaranda foi morta na madrugada de segunda-feira

Inês Vilaranda foi morta na madrugada de segunda-feira

 

Foi um cenário “muito complicado e complexo” que as autoridades encontraram ao início da madrugada de segunda-feira, cerca da 01H30, no segundo andar de uma habitação na Urbanização Encosta do Sol, em Soure, junto da escola EB 2,3. Uma mulher de 47 anos, Fernanda Ferreira, e a filha de 16, Inês Ferreira Vilaranda, estavam mortas junto à porta e com sinais de agressão de arma branca. Na sala, e segundo explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Soure, João Paulo Contente, estava uma menina de 13 anos, Joana Ferreira Vilaranda, “com ferimentos graves, na zona torácica”. O presumível agressor, António Vilaranda Teixeira, o marido e pai das menores, de 49 anos, “estava no quarto com uma arma branca na mão” e com ferimentos.
As duas vítimas mortais, e quando as equipas de socorro chegaram ao local, “não apresentavam sinais vitais”, adiantou ainda o comandante. A mulher de 47 anos, tinha “múltiplos ferimentos de esfaqueamento na zona torácica, abdominal, braços e pernas”. Já a filha, de 16 anos, apresentava “ferimentos de arma branca na zona do peito”.

Menina de 13 anos
está “estável”
A menina de 13 foi estabilizada no local e transportada para o Hospital Pediátrico de Coimbra – CHUC onde ontem se encontrava internada na Unidade de Cuidados Intensivos em situação “estável”.

 

Informação completa na edição impressa

One Comment

  1. coitadas delas o pai nao tem juizo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.