Três quartos das cirurgias canceladas em Coimbra

Posted by
Entrada principal do CHUC. FOTO LUÍS CARREGÃ

Entrada principal do CHUC. FOTO LUÍS CARREGÃ

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) estima que o primeiro dia da greve dos médicos tenha contado com uma adesão na ordem dos 80 a 90 por cento.

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Médicos da Zona Centro, cerca de 75% das cirurgias programadas no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) foram desmarcadas.

João Rodrigues acrescentou que, na região Centro, houve uma “enorme adesão dos médicos”, quer em centros de saúde quer em unidades hospitalares.

Ao DIÁRIO AS BEIRAS, o dirigente sindical disse que não teme que a “ausência” do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) possa diminuir o impacto da ação. E lembrou que, “ainda que tenha optado por não participar na paralisação, o SIM subscreve integralmente os 22 pontos do caderno reivindicativo”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.