Manuel Machado (ANMP) reuniu com comissão parlamentar da Administração Pública

Posted by

Manuel Machado

A comparticipação em partes iguais (50/50), das câmaras municipais e do Governo para os 650 milhões de euros do Fundo de Apoio Municipal (FAM), que deverá ser constituído nas próximas semanas, não satisfaz os municípios, que não olham para esta solução com bons olhos. Todavia, como disse hoje o presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP) e autarca em Coimbra, Manuel Machado, as câmaras municipais reconhecem que o FAM é necessário para aquelas que estão endividadas.

Na Assembleia da República, Manuel Machado (por parte da ANMP) e os secretários de Estado da Administração Local e do Orçamento foram  ouvidos esta quarta-feira pela Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública, dando os seus contributos para o regime jurídico da recuperação financeira municipal e regulamentação do Fundo de Apoio Municipal.

Informação completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de quinta-feira, 3 de julho

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.