Greve dos médicos em contagem decrescente para os dias 8 e 9 de julho

Posted by

greve dos medicos

Os médicos que vão aderir à greve da próxima terça e quarta-feira prometem encher a rua do Ministério da Saúde, em Lisboa, com batas brancas e querem a população do seu lado.

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM), que convocou o protesto, acredita que a greve terá uma grande adesão, na dimensão da “indignação” destes profissionais de saúde contra medidas do Governo que, acredita, estão a destruir o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O protesto conta com o apoio da Ordem dos Médicos, mas, ao contrário da greve de há dois anos, não terá a participação do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) que, no dia em que foi anunciada esta forma de luta, explicou que  não aderia.

Na altura, o secretário-geral do SIM disse que o sindicato não participaria na greve, pois “não desiste de dialogar e negociar com o Ministério da Saúde, porque entende que esse é o caminho que melhor defende e serve os interesses dos médicos seus associados”.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.