Dossiê DB: Futura entrada do Botânico será através de um miradouro na Alta

Posted by
Vista do miradouro quando for aberto ao público a Mata do Jardim Botânico. FOTO LUÍS CARREGÃ

Vista do miradouro quando for aberto ao público a Mata do Jardim Botânico. FOTO LUÍS CARREGÃ

Não será necessário esperar mais do que 15 meses – se as obras correrem como o previsto – para que o Jardim Botânico seja visitável em toda a sua extensão.

Um vasto plano de intervenções (que será o maior dos últimos 100 anos), já está no terreno, de forma a alargar a área aberta ao público, dos atuais quatro hectares para 13, que se estendem da zona da Alta (por trás do edifício das Químicas da Universidade de Coimbra), até à rua da Alegria, junto à sede da empresa Águas de Coimbra.

O acesso ao Jardim Botânico vai passar a fazer-se também nos extremos deste percurso da mata, através de caminhos empedrados já existentes, respeitando uma nova sinalética, a implantar no âmbito das duas empreitadas previstas: uma delas resultante de uma candidatura do Jardim Botânico, com financiamento a 85 por cento (dois milhões de euros), e outra da responsabilidade da Câmara Municipal (300 mil euros), também financiada pela Europa.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.