Câmara de Montemor-o-Velho retira subsídio ao CITEC

Reunião do executivo municipal de Montemor-o-Velho. FOTO DR

Reunião do executivo municipal de Montemor-o-Velho. FOTO DR

A proposta de suspensão do subsídio atribuído ao Centro de Iniciação Teatral Esther de Carvalho (CITEC) foi aprovada, ontem, na reunião de Câmara de Montemor-o-Velho com três votos contra (dois do PSD e um da CDU), uma abstenção (vereadora Alexandra Ferreira), e três votos a favor (PS). O presidente da câmara, Emílio Torrão, teve de exercer o voto de qualidade para que a mesma fosse aprovada.

Aurélio Rocha, do PSD, começou por criticar a forma como o ponto da ordem do dia foi redigido, alegando que deveria ser uma deliberação de nulidade, lamentando a anulação do subsídio. Também o vereador da CDU lamentou a nulidade do apoio.

Contactado pelo DIÁRIO AS BEIRAS, o presidente da direção do CITEC, Pedro Maranha, afirmou: “É preocupante que na altura em que estamos a organizar o CITEMOR pela 36.ª vez, o festival que mais prestígio dá ao nosso município, a sua câmara venha agora dizer que não quer pagar o que fizemos em 2009, 2010, 2011 e 2012, quando a tal se comprometeu”.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.