Presidente condecora 30 personalidades no 10 de Junho

Cavaco_Silva

O Presidente da República condecora este ano 30 personalidades das comunidades portuguesas e cidadãos estrangeiros, entre as quais três mulheres, por ocasião do Dia de Portugal, anunciou a Presidência.

De acordo com uma nota divulgada no sítio da Presidência da República, as três mulheres condecoradas são a ex-representante da TAP em Espanha Maria Victoria Haddad, a diretora do Instituto do Coração em Maputo, Maria Beatriz Ferreira, e a presidente honorária da Associação de Criadores do Cavalo Lusitano na Grã-Bretanha, Sylvia Loch.

As três recebem, respetivamente, a Ordem do Infante D. Henrique, a Ordem da Liberdade e a Ordem do Mérito Empresarial, na classe do mérito agrícola.

Entre os homens condecorados com a Ordem do Infante D. Henrique estão o chefe do gabinete do Presidente da Comissão Europeia, Johannes Laitenberger, o alcaide de Sevilha, Juan Ignacio Zoido Alvarez, ou o presidente da Câmara de Comércio Hispano-Portuguesa e diretor executivo da Repsol Espanha, António José Calçada de Sá.

O ex-jornalista da agência Lusa Fernando Antunes, fundador e diretor do ABC Portuguese Canadian Newspaper, é outro agraciado com a Ordem do Infante D. Henrique, assim como o chefe de Gabinete adjunto do presidente da Comissão Europeia Hugo Sobral, o maestro e pianista brasileiro de origem portuguesa João Carlos Martins ou o presidente da Confederação das Comunidades Portuguesas no Luxemburgo, José António Coimbra de Matos.

O fundador e diretor do Luso-Jornal na Bélgica e presidente da associação dos empresários portugueses no país, Paulo Carvalho; Percival de Noronha, personalidade marcante da vida cultura, de Goa e divulgador da herança portuguesa local; e o ex-vice-cônsul de Portugal em Providence, Rhode Island, EUA, José Leonel Rodrigues Teixeira são outros condecorados com a Ordem do Infante D. Henrique.

Michael Plumley, advogado, jornalista e antropólogo que foi porta-voz e administrador na Direção de Media do Parlamento Europeu e Urs Buhrer, diretor do Hotel Bellevue Palace, em Berna, “que tem contribuído para a afirmação de uma imagem positiva de Portugal”, são os restantes agraciados com a Ordem do Infante D. Henrique.

A Ordem do Mérito será atribuída a sete personalidades, incluindo Alexis Tam Chon Weng, chefe do gabinete do chefe do executivo da região Administrativa Especial de Macau e responsável pela cooperação entre Macau e Portugal, ou João Pacheco, ex-presidente da Casa dos Açores na Nova Inglaterra, EUA, e atualmente presidente da Associação dos Emigrantes Açorianos.

O proprietário e empresário na cidade brasileira de Santos Joaquim da Rocha Brites, que presidiu à Associação Atlética Portuguesa e foi conselheiro e diretor executivo da Sociedade Portuguesa de Beneficência, e o advogado José Ilídio Nascimento, que tem assessorado os interesses de vários países lusófonos na África do Sul e fundou a Câmara de Comércio e Indústria África do Sul-Moçambique são outros dos condecorados com a Ordem do Mérito.

Esta condecoração é ainda atribuída ao missionário comboniano José Manuel Duarte, residente na Colômbia e um dos fundadores da Casa Portuguesa local; ao médico cardiologista Manuel Henrique Pedro, presidente do Instituto Português de Medicina Preventiva, “com grande atividade desenvolvida em Angola”; e ao secretário da Cultura do Estado de São Paulo, Marcelo Mattos Araújo, “que tem ajudado a promover a cultura portuguesa”.

António R. Moreira, vice-reitor para os assuntos académicos e professor da Universidade de Maryland, em Baltimore, EUA, recebe a Ordem da Instrução Pública.

Na Ordem do Mérito Empresarial, três personalidades são distinguidas na Classe do Mérito Comercial e outras quatro na Classe do Mérito Industrial.

Na primeira classe são condecorados António de Freitas (Venezuela), José Maria Pinto da Cruz Teixeira (Marrocos) e Wilson Sandro Teixeira (Canadá); enquanto na segunda são distinguidos Francisco Ivens Sá Dias Branco (Brasil), John G. Melo (EUA), José Maria Marshall de Barros Lima Ivo (Chile) e Pedro Pires de Miranda (Alemanha).

Fonte da Presidência esclareceu que estas personalidades receberão as condecorações junto das embaixadas e consulados dos respetivos países, em cerimónias que poderão decorrer perto do 10 de junho ou mais tarde.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.