Opinião – Uma nova esperança

Posted by
Luís Parreirão

Luís Parreirão

Uma Certeza de Sempre.

Um país de cidadãos sem esperança, uma esquerda democrática que não se afirma, não lidera, nem agrega, precisam de fazer outro caminho.

A gravidade e complexidade da situação que vivemos em Portugal, na Europa e no Mundo exigem que a acção política dos socialistas, hoje mais do que em situações de normalidade, alie a clareza e consistência do pensamento político à capacidade de acção transformadora.

Hoje, mais do que nunca, é necessário dar conteúdo à política.

Hoje, mais do que nunca, é imperioso afirmar que não há um pensamento único.

Hoje, mais do que ontem, importa afirmar o primado da política.

Não há soluções providenciais, nem o momento é de experimentalismos.

O momento é de construir, com o PS e à sua volta, uma maioria de progresso e de justiça, que agregue os cidadãos que entendam este momento como decisivo para afirmar as nossas conquistas civilizacionais e para criar um novo compromisso para o futuro das nossas sociedades globalizadas.

Um momento político com estas exigências e densidade exige o empenhamento dos melhores e a liderança do melhor de todos nós.

Sempre o soubemos, os da minha geração, que o António Costa era o melhor de nós todos.

É o momento do António Costa, como líder dos socialistas, dar aos portugueses a esperança perdida e de devolver à política a sua dimensão de cidadania.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.