Miranda do Corvo pode continuar a utilizar a designação de “Parque Biológico”

Posted by

parque biológico

O tribunal reconheceu o direito à Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, a continuar a utilizar a designação de Parque Biológico da Serra da Lousã, propriedade daquela instituição, numa ação contestada pelo parque congénere de Gaia.

Em comunicado, a instituição explica que o Parque Biológico de Gaia perdeu o recurso apresentado, no seguimento de um processo movido em fevereiro de 2010.

“O Tribunal Judicial da Lousã considerou totalmente improcedente a ação movida pelo Parque Biológico de Gaia contra a Fundação ADFP, que vai poder continuar a usar a designação Parque Biológico da Serra da Lousã, numa sentença proferida a 09 de abril, condenando a autora do processo ao pagamento das custas judiciais”, lê-se no documento hoje enviado.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.