Cadáver de animal enterrado em vala de água em Arazede

12 ANIMAL MORTO ARAZEDE LC

Há já alguns dias que a água não escoava do quintal de uma moradora em Faíscas, freguesia de Arazede. Curiosa, percorreu a vala hidráulica e viu que estava obstruída por um pedaço de terra.

Não esteve com meias medidas: pegou na enxada e tentou retirar a terra. Inutilmente. Mal a enxada caiu, bateu num corpo estranho.

“Tentei ver o que era e ao retirar parte da terra, apercebi-me que era um animal. Alguém o enterrou naquele local, obstruindo a passagem da água”, conta a moradora.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Este é um exemplo clássico da boa-educação e do civismo de que se reveste grande parte da populaça Gandareza… Quem vem fazer disto para fora de casa, se calhar, em casa tem merda da altura de metro e convive bem com ela…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.