Mulher de 77 anos morre atropelada no IC2 em Condeixa-a-Nova

Posted by
Foto Carlos Jorge Monteiro

Foto Carlos Jorge Monteiro

Uma senhora de 77 anos, moradora no Orelhudo, foi ontem à noite atropelada mortalmente no IC2, junto às bombas da Repsol (logo a seguir à saída de Condeixa da A1).

Segundo o DIÁRIO AS BEIRAS apurou no local, a vítima tinha ido às bombas da Repsol, onde costumava vender produtos agrícolas aos utentes do posto de combustível.

Comercializados os produtos, Maria Domingues Simões dirigia-se para a casa, tendo tentado passar a estrada nacional numa zona de pouca luminosidade.

Versão completa na edição impressa de 21 de janeiro

8 Comments

  1. Pedro Fonseca says:

    Recordo-me bem da senhora, aos Domingos a noite depois de deixar a minha filha em Coimbra/UC,
    parava sempre nas bombas, para ali abastecer e comer alguma coisa e foram várias as vezes que
    me cruzei com ela. Era e é o reflexo da grande dificuldade que muitos dos nossos idosos estão a
    sofrer com a crise.
    A necessidade de procurar algum sustento para fazer face as dificuldades foi-Lhe fatal.
    As minhas sentidas condolências a família da senhora.

    • MARIA ALBERTINA says:

      QUAL CRISE, A MULHER ERA RICA! essa senhora não tinha necessidades económicas que justificassem andar ali, todas as pessoas que a conheciam sabem disso, aquilo era um vicio.

  2. Luis Costa says:

    Ainda há uns dias tinha avisado a senhora para vestir um colete….parece que estava adivinhar este desfecho!
    Passava por ela quase todos os fins de semana….

  3. Isto é!!…O País real!!…
    Normalmente, as pessoas, facilitam em demasia a sua sorte que têm!. Muitas das pessoas que passam aquela hora interrogam-se, como é possível acontecer e como se pode prevenir estas situações. Nada agradavél para a família e também para o público em geral.É pena que isto acontece!!…
    Como o Srº Luis Costa diz, e, muito bem, é, mais uma forma de prevenção, mas, uma reflexão para todos nós, sejam novos ou idosos!!…LÁ diz o provérbio: "Mais vale prevenir , que remediar!!" Aqui, não foi o caso!!…
    Lamento, que esta Senhora D. Maria Domingues Simões, estava lutar pela sua sobrevivência, pena minha, tivesse, tal desfecho!!…Avisos, não lhe faltaram!…De certeza!!…Mas, a sua persistência, falou mais alto, e o resultado, o que deu? Pagou pela sua alma e corpo!…
    Para finalizar, isto é, desenvolvimento local e regional!!…Isto quer dizer:
    Antigamente, as estradas eram outras, talvez mais seguras!. Mas, com desenrolar dos anos, as estradas, ficaram mais rápidas e perigosas. Também, a falta de civismo, formação e educação de alguns automobilistas, visto que era normalmente, esta Srª fazia todos os dias o mesmo percurso, para ganhar o seu pão e para alimentar a sua família.
    Fica um grande exemplo, por todos nós, CUIDADO!!!….
    Até Breve

  4. Lamento a perda tambem conhecia a senhora , mas com a estrada escura a senhora vestida de preto , por vezes ha acidentes que nem sabemos como acontece mas um choque mesmo a 80 seria muito mau e mais naquele local , e muito me custa tambem sou condutora e deve ser horrivel matar se alguem na situaçao que a senhora ficou com pedaços do corpo para cada lado no estado que estava …lamento mesmo esta situaçao .

  5. Eu propria quase atropelei um senhor nessa mesma estrada, passo diariamente naquela zona e todos os dias vejo pessoas a atravessarem o IC2… Até compreendo que algumas pessoas tenham necessidades (como esta senhora certamente), mas o facto é que acho que as pessoas abusam da sorte… Nenhum automobilista que passe naquela estrada está à espera de parar para deixar passar peões!!! Estamos a falar de um IC, e Deus me livre que um dia, seja responsablizada por atropelar alguem naquelas condições.
    Condolências à família

  6. ilda faria says:

    Partilhei alguns minutos com esta senhora ,a um domingo no final do dia ,com alguns familiares fez me pensar o quanto aquela senhora teria que andar ,era notório o seu ar cansado.Mas também fiquei convencida que se parasse com aquela rotina seria bem mais infeliz.Paz á sua alma.Aos familiares os meus sentidos pêsames

  7. E verdade e uma pena este tipo de acontecimentos mas já alguém se interrogou como ficou o pobre do condutor ao que sei tbm não ficou nada bem emocionalmente

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.