Dossiê DB: Transportes alternativos da Metro Mondego com 1,5 M de prejuízo/ano

Posted by

25012011 VIAGEM DE AUTOCARRO ENTRE SERPINS E COIMBRA NO AUTOCARR

É de cerca de 1,5 milhões o prejuízo dos transportes rodoviários alternativos que a Metro Mondego assumiu há quatro anos, desde que foram levantados os carris do comboio que existiu durante um século.

Com cerca de 60 mil passageiros por mês, correspondentes a 720 mil por ano, a média mensal de proveitos através dos bilhetes pagos ronda os 83 mil euros, de acordo com os últimos dados apresentados no Relatório e Contas de 2012.

Verba que fica muito aquém dos custos de exploração, com a contratação de autocarros a operadores privados e gestão e manutenção da infraestrutura de apoio aos serviços alternativos (encargos com as estações e abrigos, incluindo limpeza e energia), bem como pela divulgação, informação e promoção dos Serviços Alternativos.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.