Cantanhede quer manter hospital local no Serviço Nacional de Saúde

Posted by

Hosp. Cant.

A Assembleia Municipal de Cantanhede aprovou hoje, por unanimidade, uma moção apresentada pelo Partido Socialista que defende a manutenção do hospital local no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

No texto da moção fica claro que não se aceita a intenção da tutela em transferir a gestão do hospital Arcebispo João Crisóstomo para a Santa Casa da Misericórdia de Cantanhede “ou para outra qualquer entidade privada, em defesa da sua permanência na rede pública do Serviço Nacional de Saúde”.

A moção defende ainda a manutenção das Unidades de Internamento de Convalescença e Paliativos, “as quais já foram referência a nível nacional”, a Cirurgia do Ambulatório e as especialidades e valências existentes na unidade hospitalar “como garantia de mais e melhor saúde para os munícipes” e a continuidade de cuidados de proximidade.

Da parte da bancada do PSD, maioritária da Assembleia Municipal, Carlos Pessoa lembrou que o protocolo a assinar com o ministério da Saúde – que devolve a gestão do hospital à Misericórdia – “ainda não é conhecido”

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.