Aceleradora de empresas abre portas em três meses

Posted by

07 aceleradoraJá só falta a atribuição das licenças para que a aceleradora de empresas do Instituto Pedro Nunes (IPN), em Coimbra, possa abrir portas.

Com um investimento de 8,1 milhões de euros investidos nos últimos três anos – 6,9 milhões dos quais atribuídos pela União Europeia – a nova infraestrutura, localizada na Quinta da Nora, nas traseiras da atual incubadora do IPN – vai receber empresas de inovação tecnológica que tenham atingido a velocidade cruzeiro e queiram (e possam) estar agregadas a um campus de ciência, cuja base é a Universidade de Coimbra.

A presidente do IPN, Teresa Mendes, explica que a aceleradora tem a designação Technology Business.Innovation. Sustainable Growth (TecBIS) e vai acolher “empresas mais maduras, que têm um potencial para crescer mais rapidamente”.

 

Ver versão completa na edição impressa

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.