Primeiro livro português de arte internacional lançado em Montemor-o-Velho

Posted by

STATE OF ART ARTIST BOOK

O primeiro livro de edição nacional de arte contemporânea internacional é lançado no sábado, em Montemor-o-Velho, incluindo obras de 97 artistas de 28 países, entre os quais Portugal, disse o editor da obra.

Intitulado “State of the Art – Artist’s Book”, é editado pela associação Galeria Aberta e vai ser apresentado em Londres, em dezembro, cidade onde vai ter presença física em algumas livrarias, mas estará também disponível em lojas da Internet como a Amazon ou a Barnes & Noble.

“O livro é totalmente em inglês, com artistas plásticos de 28 países, mas também alguns portugueses que quiseram ser exportados para se promoverem lá fora e não cá dentro”, disse à agência Lusa António Dulcídio, curador da obra.

Adiantou que a opção pelo mercado internacional justifica-se dado o mercado nacional de arte plástica contemporânea estar a morrer.

“Não está a morrer para uma Joana Vasconcelos, mas para outras pessoas está. O registo atual é um bocado mau. Uma coisa é comprar porque se gosta, outra é investir em arte e atualmente investe-se muito pouco”, argumentou António Dulcídio.

A edição de 2.000 exemplares com trabalhos de pintura, escultura, fotografia e instalação integra artistas contemporâneos de países como o Irão, Coreia do Sul, Jordânia, Índia, Rússia, Egito ou Austrália, mas também brasileiros, ingleses, canadianos e norte-americanos.

Para além de Portugal, cujos artistas representam 46 por cento do total, o continente europeu está representado pela França, Bélgica, Alemanha, Itália, Holanda ou Polónia, entre outros.

O livro será lançado no sábado, a partir das 17:00, na Galeria Municipal de Montemor-o-Velho, acompanhado de uma exposição de 40 artistas oriundos de Portugal, México, Brasil e Noruega, que ficará patente até 21 de dezembro.

3 Comments

  1. Parabens pelo artigo e informações nele contidas sobre este feito único em Portugal. O State of the Art – Artists Book de curadoria do extraordinário Antonio Dulcidio não somente mostra qualidade e bom gosto mas também exala beleza e enobrece a cultura universal. Que o seu lançamento seja magnifico e que produza excelentes frutos. XX Paulo Tercio

  2. Rute Inês says:

    A Galeria Aberta / António Dulcídio estão de Parabéns por mais esta iniciativa, um trabalho ousado, belíssimo e de grande qualidade. Abr.

  3. Muito obrigado. Antonio Dulcidio.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.