Assaltantes abrem buraco e “limpam” ouro na Figueira da Foz

Foto Cláudia Trindade

Foto Cláudia Trindade

O “modus operandi” já não é novo. Arrombam a fechadura da porta de um prédio e depois fazem um buraco no soalho para entrar no estabelecimento que pretendem assaltar. Assim aconteceu na Figueira da Foz. Uma ourivesaria, situada na Praça General Ferreira de Andrade, foi assaltada durante a madrugada de ontem.

Os assaltantes forçaram e rebentaram a fechadura da porta, de um edifício contíguo que se encontra devoluto. Já no interior do prédio subiram, ao primeiro andar, e destruíram parte do soalho (abrindo um buraco) para entrarem na ourivesaria, situada no rés do chão.

Versão completa na edição impressa

6 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.