Começa hoje o julgamento da morte dos pescadores da Gala

Posted by
Foto Jot'Alves

Foto Jot’Alves

O Tribunal da Figueira da Foz começa hoje a julgar a morte dos pescadores da Gala, ocorrida em março 2007, na foz do Rio Mondego, perto das obras de substituição da Ponte dos Arcos. Este processo tem natureza criminal e uma componente cível (pedido de indemnizações).

Os queixosos são os familiares das vítimas mortais e o sobrevivente, tendo como arguidos responsáveis da obra da ponte e o administrador-delegado do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) que na altura se encontrava em funções. Fonte próxima do processo adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS que este é um caso “muito complexo”, constituído por várias dezenas de volumes. Ao todo, são sete arguidos. Recorde-se que, em 2012, o processo teve de regressar à fase de instrução (no Ministério Público), por ter sido verificada uma nulidade.

Versão completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.