Fogo em Góis combatido por mais de 400 operacionais

D.R.

Arquivo

O incêndio que deflagrou hoje ao início da tarde no concelho de Góis, em Coimbra, mobiliza 404 operacionais de diversas corporações de todo o país. De acordo com a Autoridade Nacional da Proteção Civil, entre os meios deslocados para o local contam-se 117 viaturas e seis meios aéreos, entre os quais um helicóptero bombardeiro do agrupamento complementar de empresas do grupo Portucel Soporcel e do grupo Altri, dono de grande parte dos eucaliptais daquela região.

2 Comments

  1. graça santos says:

    Enquanto os juízes não condenarem com "mão de ferro" quem ateia e os mandantes os interesses económicos prevaleceram…
    Tenho pena daqueles que se expõem no combate às chamas porque muitas vezes não são valorizados nem pelo povo nem pelo governo que também quer mão de obra barata…

    • A senhora Graca Santos te toda a,rasao mas os grandes responsaveis sao aqueles senhores de poder simplesmente dao um pouco
      a alguem que se vende e nao importa quem vai sofrer e triste mas e verdade homens poem em perigo as vidas esem culpas
      e de lamentar.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.