“Sou o único cidadão da freguesia que não pode ser candidato à junta” (com som)

Posted by

10 CARLOS SIMAO PAC

 

| Open Player in New Window

Sai com o sentimento do dever cumprido ou deixa alguma coisa por fazer?
Saio com o sentimento do dever cumprido. A freguesia de S. Pedro não tem nada a ver com aquilo que era há 15 ou 20 anos. Por isso, sou um homem feliz. Penso que o sonho se concretizou. Travámos várias lutas; não foi fácil. Mas, pelo nosso empenho, a freguesia é, hoje, procurada por milhares de turistas.

A zona ribeirinha precisa de ser requalificada, mas a junta não tem capacidade financeira nem legal…
Sim. Há uma situação que nós resolvemos e que já está a ficar muito bonita, com o nosso dinheiro e com algum apoio da Câmara da Figueira da Foz, que é o sítio onde estavam as barracas dos apetrechos dos pescadores. É verdade que há uma área, mais a sul, que importava resolver (mas não é da competência da Junta de S. Pedro). A zona dos estaleiros tem um potencial enorme, mas é da administração portuária.

S. Pedro sente que faz parte da cidade da Figueira da Foz?
Sempre senti que faço parte da zona urbana da cidade. Com a Reforma da Administração Local, começámos a sentir que queriam afastar-nos da área urbana da cidade. (…) A maior parte dos meios continuam a concentrar-se no lado norte, mas sempre sentimos a cidade e temos equipamentos que são de extrema importância para a cidade.

Chegou a equacionar a possibilidade de se candidatar a outra freguesia?
Não. Não sou político, sou um cidadão simples que nada tem a ver com a política. Não me sentiria bem a fazer outra coisa que não fosse trabalhar em prol do desenvolvimento da minha freguesia.

Concorda com o limite de mandatos para os presidentes de junta e de câmara?
Esta lei não faz sentido. Para mim, foi benéfica, porque desta vez ninguém me vai empurrar, de novo, para me candidatar à junta. Agora, e não digo isto com mágoa, não tem lógica que na freguesia de S. Pedro o único cidadão que não pode ser candidato à junta seja eu. Qual foi o crime que cometi?! Foi o crime de estar à frente dos destinos da freguesia 20 anos?

Esta entrevista poder ser ouvida na íntegra na Foz do Mondego Rádio (99.1 FM) e em www.asbeiras.pt.

 

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.