Funcionário da autarquia suspeito de atear sete fogos em Arganil

Posted by

03 incendioA Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração da GNR de Arganil, “deteve um homem, solteiro, funcionário autárquico, pela presumível prática de sete crimes de incêndio florestal, ocorridos entre os dias 5 e 15 de julho deste ano, no concelho de Arganil”. Os incêndios, tal como o DIÁRIO AS BEIRAS noticiou, ocorreram ao início da noite e foram rapidamente extintos pelos Bombeiros Voluntários de Arganil.

A Polícia Judiciária (PJ), em comunicado, esclarece que o suspeito “agindo num quadro impulsivo e de atração pelo fogo, está fortemente indiciado de, com o auxílio de velas e isqueiro, ter ateado sete focos de incêndio em terrenos povoados essencialmente por mato e pinheiros, tendo ardido, em cada um dos incêndios, áreas que variam entre os 100 m2 e os 25 000 m2”.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.