Eu, deputado – PPD-LSD

Posted by

RUI DUARTE

Rui Duarte

A economia portuguesa apresenta a recessão mais prolongada de sempre: 10 trimestres consecutivos de quebra no PIB (em cadeia e/ou nove em termos homólogos).

É o valor mais baixo do PIB, em termos reais, desde 2000. Em 2 anos, a recessão já retirou da economia 9,3 mil milhões de euros. A procura interna caiu 6,3%, em termos homólogos, acentuando a redução do trimestre anterior (-4,5%).

A evolução deveu-se ao contributo mais negativo do investimento, com uma variação homóloga de -16,8% (-2,1% no final de 2012 ).

1 – O INE reviu em baixa o crescimento económico nos primeiros 3 meses e estima agora uma queda de 4%, face ao 1.º trimestre de 2012, e de 0,4% comparando com os últimos meses do ano.

2 – Foram destruidos, nestes dois anos de governo, cerca de 450 mil postos de trabalho, atingindo atualmente o desemprego um milhão de portugueses e 40% dos jovens.

3 – O “ato público de contrição” do FMI que confessa “notáveis falhanços” no resgate da Grécia, confessa a irrazoabilidade das nossas condições de resgate e reforça o caminho que o PS tem afirmado: é urgente Portugal renegociar as condições de ajustamento.

4 – As várias entidades independentes, como a Unidade Técnica de Apoio Orçamental, o Conselho de Finanças Públicas e o Conselho Económico e Social já ajuizaram as projeções do orçamento retificativo: Irrealistas.

5- Portugal apresenta a 3.ª contração do PIB mais elevada a seguir à Grécia e Chipre, Portugal regista uma contração do PIB quase 6 vezes maior que a da UE e quase 4 vezes superior à da zona euro.

Perante a trágica cadeia de dramas sucessivos que nos arrasta todos os dias para um abismo sem precedentes, fica clara a observação de Vítor Gaspar: As condições meteorológicas, de facto, não ajudam!

One Comment

  1. Henrique Costa says:

    Eh pá que artigo inteligente! Então viviamos acima das pessobilidades e o ajuste iria ser sem descida do PIB, o tal que há vários anos se alertava ter uma grande percentagem dependente dos dinheiros públicos!!!! E quem foi o governante Chico Esperto que ainda aumentou mais a dependência do PIB do investimento público? Nem é preciso dar pistas pois não?!?!??! Enfim, eu acho que há comentadores que pensam que todas as pessoas em Portugal são estúpidas e burras!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.