Diário do Ameal – Falta de obras da câmara foi compensada com intervenções realizadas pela junta

Posted by
Foto Luís Carregã

Foto Luís Carregã

O que faz falta à freguesia?

A prioridade, na freguesia, deveria ser a construção. Ou seja, a construção dos loteamentos aprovados na freguesia e que, devido à crise, não avançaram. Uma situação preocupante, pois nem os particulares estão a adquirir apartamentos nem os proprietários dos loteamentos têm disponibilidade para avançar com o projeto.

Quer dar exemplos?

Um deles está aqui bem perto da sede da Junta de Freguesia do Ameal. Uma vergonha, digo eu, ainda mais quando vim a saber que a empresa responsável pelo projeto – Rio State – viu ser-lhe decretada a insolvência. O que é certo é que está ali um autêntico matagal, o qual devido à impossibilidade da câmara em resolver o problema em termos de limpeza do terreno, vai ter de ser a junta a resolver.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.