Livros e artesanato convidam a um passeio diferente pelo parque (com fotos)

Posted by

 

Quem chega, incauto, pelo Parque Manuel Braga e inicia a visita no corredor desenhado pelos pavilhões da Feira de Artesanato, pode não suspeitar logo, mas depressa se apercebe que, uns metros depois, são os livros que fazem a festa.

Mesmo porque, a sugerir a transição para a Feira do Livro, já no Parque Verde do Mondego, estrategicamente situados, dois pavilhões, um dedicado à arte da encadernação e o outro, sugestivamente, entregue às “pedras de leitor”.

E pronto, assim, mesmo os visitantes menos atentos ficam a saber que, aquele que parecia ser apenas mais um agradável passeio junto ao Mondego, poderá ser muito mais que isso.

E essa intenção, como destacou ontem ao DIÁRIO AS BEIRAS João Paulo Barbosa de Melo, presidente da Câmara Municipal de Coimbra, foi um dos mais decisivos argumentos para que o Departamento de Cultura se tivesse decidido novamente pela convivência das duas feiras – a de Artesanato e a do Livro – no espaço e no tempo.

Versão completa na edição impressa

 

8 Comments

  1. Anda a bater-se ás proximas eleições , mas só ganha se o Povo de Coimbra votar com os olhos fechados

  2. Na fotografia aparece um boneco a cumprimentar outro

  3. Não chega a hora das eleições para nos librarmos deste palhaço

  4. Será que o homem já vos fez algum mal

  5. Já fez e continua a fazer a muita gente na Cidade

  6. Agora temos de olhar para este palhaço sempre que queremos visitar a baixa de Coimbra

  7. Um Presidente que nunca foi eleito deixou de vez o cargo. Fez-se justiça,Foi a pior coisa que passou por Coimbra, ele e todo o executivo PSD

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.