HUC testam respostas em simulacro de incêndio

05 SIMULACRO HUC LCOs Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC) estão preparados para um incêndio e a resposta da proteção civil é efetiva. Esta é a conclusão do simulacro que ontem teve lugar naquele hospital.

Trinta e dois elementos, apoiados por oito viaturas, dos bombeiros Sapadores, Voluntários e de Brasfemes socorreram nove doentes internados numa enfermaria no 5.º andar dos HUC.

O presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Martins Nunes, diz que, “para além de um imperativo legal, é fundamental testar estas respostas”. E, no final, “todos os doentes ficaram bem, pelo que o exercício foi um sucesso”.

O comandante de operações externas no local, Jorge Correia, dos Sapadores, diz que se pretendia “testar a articulação do planeamento interno com a resposta externa” e, no fim de contas, “houve uma boa resposta, apesar de haver coisas a melhorar”. O comandante aponta, nomeadamente, as comunicações. “Houve dois ou três minutos em que os operacionais não conseguiam comunicar comigo, porque me encontrava no piso -2”.

 

Ver versão completa na edição impressa

One Comment

  1. maria santos says:

    eu acho os simulacros muito proveitosos e de grande utilidade tudo oque for investido neste trabalho ede louvar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.