Greve dos guardas adia início de julgamento

Posted by

03 ARGUIDA B CANTANHEDE AAA greve dos guardas prisionais motivou ontem o adiamento do julgamento dos cinco suspeitos de terem morto um idoso em março de 2012 nas Berlengas, Tocha. No Tribunal de Cantanhede, apenas marcaram presença as arguidas A. G., P. C. e F. M.. As duas primeiras foram transportadas do Estabelecimento Prisional de Tires para Cantanhede. O mesmo não aconteceu com N. C. e M. R., os quais devido à greve dos guardas prisionais não puderam ser transportados dos estabelecimentos prisionais de Paços de Ferreira e Aveiro, respetivamente.

Como o coletivo de juízes e a procuradora do Ministério Público entendem que a ausência destes dois arguidos é fundamental para “a produção de prova” neste julgamento, a primeira audiência deste caso tem lugar no próximo dia 7 de junho, pelas 09H30.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.