Associação congratula-se com acordo para recuperar casa da família de Eça em Aveiro

Posted by

reca3A Associação de Defesa do Património ADERAV congratulou-se hoje com o acordo alcançado entre a Câmara de Aveiro e os proprietários para a cedência da casa da família de Eça de Queirós, em Verdemilho.

Trata-se da casa onde Eça de Queirós passou grande parte da sua infância e com a sua recuperação a Câmara pretende perpetuar a memória do Desembargador Queirós e do seu neto, o escritor Eça de Queirós, transformando-a num espaço cultural.

Em comunicado, aquela associação “manifesta o seu agrado pelo acordo alcançado que possibilita a defesa e valorização desta parcela importante do Património aveirense e espera que se proceda tão breve quanto possível à sua recuperação”.

A ADERAV, associação criada em 1979 com o objetivo da defesa e valorização do Património Natural e Cultural da Região de Aveiro, salienta que “desde há décadas que vinha pugnando para que esta “casa” ou solar se não perdesse na memória dos aveirenses”.

No seu Boletim n” 6, em Maio de 1982, defendia já que “seria extremamente útil a recuperação deste imóvel”, considerando factos e figuras de Aveiro e da História de Portugal que lhe andam associadas, nomeadamente o “Conselheiro Queirós” (no Brasil e em Aveiro e Porto) e o escritor Eça de Queirós, seu neto.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.