Depois das portas fechadas, agora as luzes apagadas

Foto Carlos Jorge Monteiro

Foto Carlos Jorge Monteiro

Depois de impedidos de entrar no domingo, devido à troca de fechaduras efetuada pela Académica no Estádio Cidade de Coimbra, ontem, os atletas do judo e do atletismo viram novamente afetados os seus planos de treino.

Jorge Fernandes, presidente da Associação Distrital de Judo de Coimbra (ADJC), contou ao DIÁRIO AS BEIRAS que, ao final da tarde, quando os atletas se preparavam para treinar no dojo, as instalações estavam sem energia elétrica, enquanto os praticantes de atletismo se depararam com os balneários fechados e foram obrigados a equipar-se no Pavilhão Multidesportos.

O responsável distrital não esconde a sua insatisfação, em particular devido à proximidade de importantes competições nacionais e imperativa preparação dos atletas.

Versão completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.