Académica vence Benfica em jogo de inauguração da bancada do Estádio de Condeixa

Posted by
Foto: Luís Carregã

Foto: Luís Carregã

A Académica venceu este sábado o Benfica B por 1-0, num jogo particular que serviu para assinalar a inauguração da bancada central do Estádio Municipal de Condeixa e que teve ainda a intenção solidária de apoiar a Acreditar – Associação de Pais e Amigos das Crianças com Cancro.

Com os respetivos campeonatos parados, as duas equipas juntaram-se à festa que mobilizou 1.500 espetadores e que serviu ainda para ajudar a Acreditar, uma associação que apoia crianças com cancro.

Quem esperava ver as figuras da equipa principal de Jorge Jesus teve de se contentar com a formação B dos “encarnados”, com Luís Norton de Matos a aproveitar para experimentar alguns atletas menos utilizados.

Pelo contrário, Pedro Emanuel escolheu uma equipa com vários titulares, mas as diferenças não se fizeram notar, porque a Académica nunca acelerou o ritmo.

O resultado foi fixado na primeira parte, aos 29 minutos, após uma fuga de Wilson Eduardo pela direita, com Cleyton a desviar para o fundo da baliza o cruzamento do avançado.

O Benfica B dispôs de boas oportunidades, por Sidnei, Soares e Leandro Pimenta, mas não conseguiu chegar ao empate de um jogo em que os maiores aplausos foram para a presença de Eusébio na bancada.

One Comment

  1. Um dos "outros" says:

    A intenção solidária de apoiar a "Acreditar" ficou só pelo publico anónimo, porque os senhores lá do sitio e os amigos tiveram direito a convites e bilhetes à borla e a banco reservado na bancada coberta (metade da bancada estava reservada para eles). Neste jogo todos deviam ter contribuído para o mesma causa – ajudar a "Acreditar". Na foto desta noticia estão dois meninos que neste momento da vida deles precisam do apoio da "Acreditar", estão na instituição. Fomos nós, os "outros", que neste dia contribuímos para a continuação da estadia deles lá até que a saúde volte e com isso eles voltem a ser meninos livres – # O dia virá # – Apesar de tudo eu sinto-me bem pelo que fiz. Foi uma migalha, mas bago a bago …

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.